EPA Flight Academy

Como se tornar um piloto

Para aqueles que estão iniciando a carreira aeronáutica, a EPA descreve o passo-a-passo para se tornar um piloto de linha aérea:
 

1) Certificado Médico Aeronáutico de 2ª classe: solicite para o setor de Operações da EPA a lista de clínicas e juntas de saúde autorizadas à realização dos exames.
 

O CMA de 2ª classe é exigido antes de qualquer atividade prática de voo de Piloto Privado – Avião, comissário de voo, mecânico de voo e piloto de balão livre. 
 

RBHA-67

Ver lista de exames: Inspeção de Saúde Inicial e Revalidação.



2) Piloto Privado – Avião teórico: o curso teórico de Piloto Privado tem como objetivo que o aluno adquira os conhecimentos básicos para a pilotagem de aeronaves na categoria PP-A. O curso tem a duração de 270 horas-aula.

 
 

3) Piloto Privado – Avião prático: o curso prático de Piloto Privado – Avião abrange as técnicas e habilidades nos fundamentos: inspeções externas na aeronave, manobras, decolagens, aproximações para pousos, toque e arremetida, estol e navegações em condições visuais (VFR). São necessárias, no mínimo, 35 horas de voo para realização do cheque.



4) Certificado Médico Aeronáutico de 1ª classe: solicite para o setor de Operações da EPA a lista de clínicas e juntas de saúde autorizadas à realização dos exames.
 

O CMA de 1ª classe é exigido antes de qualquer atividade prática de voo de Piloto Comercial – Avião.
 

RBHA-67  

Ver lista de exames: Inspeção de Saúde Inicial e Revalidação.

 
 

5) Piloto Comercial – Avião teórico: o curso teórico de Piloto Comercial tem como objetivo que o aluno adquira os conhecimentos básicos para a pilotagem de aeronaves na categoria PC-A. O curso tem a duração de 320 horas-aula.



6) Piloto Comercial – Avião prático: o curso prático de Piloto Comercial – Avião abrange as técnicas e habilidades nos fundamentos: decolagens, pousos, arremetidas, aproximações, estol, fraseologia e emergências simuladas. 

 

São necessárias, no mínimo, 150 horas de voo para realização do cheque.


 

7) Voo por Instrumentos: a habilitação de voo por instrumentos (IFR) permite que o piloto faça os seus voos em condições não visuais, baseando-se apenas nos instrumentos de navegação da aeronave.

 

São exigidas, no mínimo, 25 horas em um dispositivo de treinamento (AATD) e 20 horas de voo em aeronave homologada (RBAC 61.223(6)(ii)).



 

8) Instrutor de voo Avião teórico: o curso teórico de INVA tem como objetivo que o aluno ministre a instrução de voo de forma padronizada, através de técnicas e procedimentos didático-pedagógicos apropriados. O curso tem a duração de 65 horas-aula.

 


 

9) Instrutor de voo  Avião prático: o curso prático de INVA abrange as técnicas previstas para que o instrutor dirija a aprendizagem efetiva da pilotagem ao aluno.

 

São necessárias, no mínimo, 21,5 horas de voo para realização do cheque.

 


 

10) Multimotor  Avião: habilitação de classe multimotora exige que o piloto cumpra os requisitos de PP-A e adquira os conhecimentos de condições anteriores ao voo, incluindo peso e balanceamento, navegações VFR, IFR, voos em baixas velocidades de aeronave bimotora, entre outros .

 


 

11) Piloto de Linha Aérea  Avião teórico: o curso de PLA-A visa capacitar o piloto para desenvolva atitudes básicas compatíveis com o papel do comandante. O curso tem a duração de 188 horas-aula.

 


 

12) Piloto de Linha Aérea  Avião prático: a licença de PLA exige que o piloto possua, no mínimo, 1.500 horas de voo..

 



News


16/10  | Novidades

EPA adere ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupçãoleia +

23/10  | Galeria de Fotos/Vídeos

O desbravador dos céusleia +